Eles completam a decoração e trazem ao ambiente personalidade e sofisticação, mas antes disso enchem de dúvidas e indecisões todos que estão à procura de um novo visual para a casa.
Aqui no ARCHMINDS somos fãs, e muitas vezes a Fer Alonso, nossa arquiteta e artista plástica, pinta quadros intencionados aos projetos e é por isso que hoje vamos dar dicas de como usar esses queridinhos do design de interiores.

Mock up poster on decorative geometric wall, 3d illustration; Shutterstock ID 286108934     captura-de-tela-2016-09-13-as-7-56-43-pm

(Quadros por Fernanda Alonso)

Podem ser telas, fotografias ou até os requisitados pôsteres, todos trazem uma mensagem junto de um toque mais intimista aos nossos cômodos e merecem uma atenção especial, então vamos por etapas:
1.A primeira coisa a fazer após escolher seu quadro é colocá-lo em uma bela moldura, que seguira uma linha muito pessoal, mas um bom caminho é optar por uma moldura que contraste com a cor das paredes; em quadros grandes um vidro antirreflexo pode valer o investimento. Há ocasiões em que as molduras são totalmente dispensáveis, isso é bastante comum em telas.

2. Escolhidos e emoldurados, é a hora da organização, observe com cuidado seu ambiente, suas peças e as paredes em que pretende dispô-las:
Suas peças possuem temas ou técnicas muito diferentes, como aquarelas, gravuras e fotografias? Separe-as, essa dica muito tem a ver com harmonia e a valorização de cada uma delas. Uma pintura a óleo pode não ficar devidamente valorizada ao lado de uma aquarela, não por ser uma mais bela que a outra, mas por possuírem pesos visuais diferentes.
Mantenha o foco no seu objetivo, se você possui um espaço muito pequeno e não quer trazer a sensação de aperto utilizar uma composição de muitos quadros em uma só parede pode lhe trazer muita informação para o ambiente em contrapartida ambientes amplos e frios podem ser enriquecidos com a sensação de aconchego que as composições são capazes de proporcionar.

3. Ordem estabelecida, vamos a ela, campeã de dúvidas no assunto:
Qual a altura ideal para os quadros?
Em casos de paredes livres de móveis nossa referência é a altura do olhar de uma pessoa de estatura média, convencionada como 1,60 m, portando imaginamos uma linha horizontal que corta o quadro ao meio, essa linha deve ser posicionada a 1,60 m do chão.
Se o quisermos acima do sofá recomendamos a distância de 25 cm do encosto, o mesmo vale para a cabeceira das camas.
Para aparadores 20 cm ou a charmosa ideia de apenas apoia-los sobre o móvel, essa dica vale para prateleiras também.
Ficou difícil de entender? Da uma olhadinha

5  4  3  6

(Imagens: Pinterest)

3.Por último, mas não menos importante temos o alinhamento que pode ser feito de diversas formas. As mais tradicionais são essas:
Alinhamento superior: alinhamos todos os quadros por suas extremidades superiores.
Alinhamento inferior: todos alinhados pela extremidade inferior
Alinhamento central: todos alinhados pelo seu eixo central seja ele o vertical ou horizontal

Se esses três não atendem a sua ideia, se arrisque nas composições, elas podem seguir uma forma geométrica, serem simétricas, assimétricas e até mesmo brincar com outros elementos da sua decoração, como os espelhos, como a sua imaginação mandar.

0e86fcc912f84ac88ccfc0701edb1980   7   10

8   12   9   6cba82aaa89436bc7377eab79e422989

(Imagens: Pinterest)

Esperamos que tenham gostado , em breve nos aprofundaremos mais no universo dos quadros, fique de olho!

Responda